Igreja

Faleceu D. Manuel Martins — Primeiro bispo de Setúbal

          
Faleceu D. Manuel Martins  — Primeiro bispo de Setúbal

D. Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu em 24 de Setembro, domingo, aos 90 anos, informou a Diocese de Setúbal. A sua morte ocorreu às 14h05, após ter recebido a “Santa Unção” de um pároco local. Estava acompanhado dos seus familiares.
Manuel Martins foi o primeiro bispo de Setúbal, nomeado no Verão quente 1975, chegou a ser conhecido por “bispo vermelho”, durante os anos de crise na década de 80, pelas denúncias que fez de situações de pobreza e de fome na região.
Nascido a 20 de Janeiro de 1927, em Leça do Balio, concelho de Matosinhos, D. Manuel foi ordenado sacerdote em 1951, após a formação nos seminários do Porto, seguindo-se a frequência do curso de Direito Canónico na Universidade Gregoriana, em Roma.
Pároco da Cedofeita, no Porto, entre 1960 e 1969, nos nove anos de exílio do bispo do Porto António Ferreira Gomes, durante o Estado Novo, e foi Vigário-geral após o regresso do prelado. Em 1975, um ano após o 25 de Abril de 1974, foi nomeado bispo da diocese de Setúbal, de onde só saiu 23 anos depois, em 1998.
Foi presidente da Comissão Episcopal da Acção Social e Caritativa, bem como da Comissão Episcopal das Migrações e Turismo, na Conferência Episcopal Portuguesa e ainda presidente da Secção Portuguesa da Pax Christi e da Fundação SPES.


No dia 23 de Abril de 1998, o Papa João Paulo II aceitou o seu pedido de resignação ao cargo de bispo de Setúbal. O bispo emérito foi agraciado com a grã-cruz da Ordem de Cristo, d ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
WOW2Q


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!