Igreja

Primeiro “Dia Mundial dos Pobres” (19 de Nov. 2017)

Os pobres são um recurso para “viver a essência do Evangelho”

          

O Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo Papa Francisco em 13 de Junho de 2017, constitui um forte apelo a reagir à cultura do descarte, do desperdício e da exclusão e a assumir a cultura do encontro, com gestos concretos de oração e de caridade. Os pobres, conclui o Papa Francisco na sua mensagem para este novo Dia Mundial, “não são um problema: são um recurso para acolher e viver a essência do Evangelho”.
O Papa inicia sua Mensagem, com a citação evangélica do tema central: «Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a boca, mas com obras e com verdade». As palavras do apóstolo São João, diz Francisco, são um imperativo do qual nenhum cristão pode prescindir. A importância do mandamento de Jesus, transmitido pelo “discípulo amado” até aos nossos dias, tem pleno sentido diante das palavras vazias que saem da nossa boca. O amor não admite álibis: quem pretende amar como Jesus amou, deve assumir o seu exemplo, sobretudo quando somos chamados a amar os pobres. Aliás, é bem conhecida a forma de amar do Filho de Deus: “Ele nos amou primeiro, a ponto de dar a sua vida por nós”.


O Santo Padre faz diversas referências à vida de Jesus, que ecoou, desde o início, na primeira Comunidade eclesial, que assumiu a assistência e o serviço aos pobres, com base no en ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
XNQ5S


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!