Desporto

PRO NACIONAL

Vieira SC queixa-se da arbitragem

          
PRO NACIONAL

Como aconteceu há seis anos, o Vieira SC saiu de S. Torcato com queixas de ar­­­­­bitragem, onde Roger Bastos na época 2013/2014 foi expulso e o resulta­do ficou em branco. Hoje, o árbitro Flávio Sousa voltou a con­di­cionar o rumo dos aconte­ci­mentos com amos­tra­gem de cartões ama­­­relos, exagerada para Ne­­­no e Guer­ra, que viu o se­­gundo ao ter­minar a par­ti­­­da e não assinalou penalty sobre Luca ainda na primeira parte.


Torcatense 1 Vieira 0
Jogo no campo Arnado. Domingo, 22 de Setembro.
Peitaça; Neno, Élio, Gil, e João Ribeiro; Bruno Rocha, Lukman, Fabinho (João Santos), Guerra, Mota (Chiquinho) e Luca
(João Tiago).

Num jogo equilibrado nem sempre bem jogado e com os jogadores com alça le­vantada, na primeira parte nem um remate enquadrado com a baliza, ninguém era merecedor da vi­tó­­­ria. Sorriu aos donos da ca­­­sa que entram melhor na se­gunda parte e, principalmente, pelo seu flanco di­rei­to começaram a empurrar os vieirenses para a sua área. João Santos entrou pa­­­­­ra estancar a corrente de jo­­go por aquele sector até que aos 66 minutos o Torca­ten­­se abriu o activo. A reac­ção dos vieirenses não se fez esperar, Chiquinho e Jo­ão Tiago entraram para dar mais velocidade ao jogo e aos 87 minutos Guerra na marca da grande penalidade rematou e a bola desviou num defesa pela linha de fun­­do. Esta foi a melhor opor­tuni­da­­de do Vieira SC para em­pa­­tar a partida.
2019-10-07


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário