Diversos

Um visionário lúcido

          

“Descobrimos um país amnésico, cheio de gente que não sabe de nada, que não viu nada, que não ouviu na­da. Percebemos que a corrupção é um problema real, grave, disseminado, que a Justiça é lenta a responder-lhe e que a classe política não se tem empenhado o su­ficiente a enfrentá-la.
A corrupção não é apenas um assalto ao dinheiro que é de todos nós – é colocar cada jovem de Portalegre, de Vi­seu, de Bragança, mais longe do seu sonho.”….


…. Aquilo que melhor distingue as pessoas não é serem de esquerda ou de direita, mas a firmeza do seu ca­rácter e a força dos seus princípios. Aquilo que se pede aos políticos, sej ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário