Diversos

Portugal também é dos velhos

          

Portugal não é só dos mais novos e saudáveis, Portugal é de todos, é também dos mais velhos e, por isso, não pode­mos permitir que o Estado ou alguém retenha os velhos em confinamento (leia-se prisão domiciliária), mais do que a restante população. Seria um atentado à liberdade de cir­cu­lação ou crime de sequestro, punido pelo artgº 158 do CP, com pena de prisão até 3 anos
O Presidente da Comissão Europeia, Von der Leyen, ad­mi­­­tiu a necessidade de prolongar até ao final do ano medi­das de confinamento para os mais velhos.


Em entrevista ao jornal alemão Bild, Ursula Von der Leyen avisou que enquanto não houver uma vacina “é pre­ciso limitar, tanto quanto possível, os contactos dos idosos”, em particular os que vivem em lares.
A declaração e o debate que se lhe tem seguido são do mais preocupante que se tem ouvido neste período de cri­se sa­nitária da epidemia. Aos mais velhos, agora chamados de idosos ou seniores, juntar-se-iam seguramente neste ina­ceitável aprisionamento os doentes crónicos, as pessoas com deficiência e outros … As pessoas com mais de 70 anos são as maiores vítimas da coronavírus. Mas colocá-las de qua­ren­tena eterna, fechá-las em guetos e separá-las dos seus afectos e familiares tem conse­quên­cias graves, sobre­tu­do para os que já têm saúde débil e mobilidade reduzida.
2020-05-14


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário