Diversos

Peritos chumbaram o ventilador Atena
Infarmed “aprovou-o” na mesma

          
Peritos chumbaram o ventilador Atena
<br>Infarmed “aprovou-o” na mesma

Criado em Matosinhos, o ventilador Atena foi alvo de uma “autorização excepcio­nal” do Infarmed para poder ser utilizado no combate à covid-19. No entanto, não só a aprovação foi concedida depois do chumbo unânime de um grupo de peritos, como a sua futura utilização vai ser altamente condicionada.


Desenvolvida pelo CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento, em Ma­tosinhos, a primeira versão do ventilador Atena foi apro­vada pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infar­med), no passado dia 14 de Julho, tendo em vista a sua utilização no suporte de doentes infectados com a Co­vid-19.
No entanto, segundo o jornal Público, a autorização para utilização deste equipamento foi dada depois de um grupo de peritos reunidos pelo Infarmed ter chumbado com unanimidade a sua viabilidade.
Dada a necessidade urgente de equipamentos de saúde que Portugal para combater o pico da pan­de­mia, foi estabelecido o PE-COVID-19 [Procedimento especial de avaliação de dispositivos médicos no âmbito da covid-19], regime no qual se possibilitou a produção e disponibilização de aparelhos e instrumentos sem ser necessária conformidade com a legislação eu­ro­peia. Tal foi o caso do Atena.
2020-07-30


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário