Diversos

«Há dias em que madrugamos e julgamos que vamos encontrar Deus… Em vão, Deus levanta-se sempre mais cedo» – Eduardo Lourenço

          

O diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura (SNPC), da Igreja Católica, evocou hoje (1/12/2020) a figura do ensaísta Eduardo Lourenço, falecido aos 97 anos de idade, como “grande pensador sob a forma de ensaio”.
“Até aos últimos dias foi sempre oferecendo o seu con­tri­buto magnífico para a nossa equação de pensamento e de ação com o mundo”, refere José Carlos Seabra Pe­rei­ra à Agência ECCLESIA.


O professor universitário destaca a forma como Edu­ar­do Lourenço conciliava uma reflexão de filosofia da his­tória e sempre muito atento e interventivo sobre o que acontecia no pl ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário