Diversos

Dia da Fraternidade Humana, com o Papa, Al-Tayyeb, Guterres e uma mãe ferida

          
Dia da Fraternidade Humana, com o Papa, Al-Tayyeb, Guterres e uma mãe ferida

Uma mãe comovida, que se dedica a derrubar muros de ódio, depois de lhe terem assassinado o filho; um secretário-geral que é um pilar de paz; o Papa e o Grande Imã que se tratam por irmãos e amigos. Foi a cerimónia do primeiro Dia da Fraternidade Humana, em que Francisco disse que a fraternidade é a fronteira sobre a qual se deve edificar este tempo.


O Dia da Fraternidade Hu­mana foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a 21 de De­zem­­bro passado, no reconhecimento da “contribuição que o diálogo entre todos os g ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário