Do Cávado ao Ave

RUIVÃES

Magusto da Aldeia de Espindo

          
RUIVÃES

A celebração do magusto está associada a uma lenda, a qual dizia que um sol­da­do romano de nome Mar­tinho de Tours (mais tarde conhecido como São Mar­ti­­nho), ao passar a cavalo por um mendigo quase nu, co­mo não tinha nada para lhe dar, cortou a sua capa ao meio com a sua espada; estava um dia chuvoso e diz-se que, neste preciso mo­mento, parou de chover, de­rivando daí a expressão: “Verão de São Martinho”.


O Magusto é uma festa po­­pular, cujas formas de ce­lebração divergem um pouco consoante as tradições regionais. Grupos de amigos e famílias juntam-se à volta de uma fogueira on­­d ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário