Editorial

EDITORIAL

Politicamente comprometidos

          

Brevemente seremos convocados para votar. Esse ato livre, exige de nós preparação, reflexão, o desenvolver da capacidade de análise crítica e sobretudo da independência que garante a decisão justa e responsável.
Comprometermo-nos, sem mais, com um candidato que nos é proposto por um partido político, sem procurar saber os princípios e os valores que defende, é assinar um cheque em branco que pode custar caro a si próprio e à sociedade.


Não é o discurso, muito menos as muitas promessas, que vão direcionar o meu voto. Olho às ações, ao modo como o candidato resolveu problemas que surgiram, à forma atenciosa como es ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
BPYF1


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!