Entrevistas

Entrevista ao Arcipreste Pe. Albano Jorge da Costa

Considera os Centros Sociais e Paroquiais um “cartão dourado da Igreja”

          
Entrevista ao Arcipreste Pe. Albano Jorge da Costa

O Padre Albano Jorge da Costa, de 49 anos, é natural da freguesia de Paranhos da cidade do Porto, onde nasceu em 27 de Março. Cedo regressou a Travassós, Fafe, onde frequentou a Escola Primária, tendo ingressado no Seminário de Nossa Senhora da Concei­ção em Outubro de 1979. Após a frequência do Seminário Conciliar e da Faculdade de Teo­logia da Universidade Católica Portuguesa, onde concluiu a licenciatura em 1995, foi ordenado presbítero, na cripta do Sameiro, por D. Eurico Dias Nogueira, em 23/07/1995.
Em dez de Agosto do mesmo ano da ordenação foi nomeado administrador paroquial de Rossas, Anjos e Agra, no arciprestado de Vieira do Minho. Exerceu o cargo de Vice-Arcipreste desde Dezembro de 2003 e em 16 de Julho de 2017 foi nomeado pároco de Pinheiro, continuan­do a paroquiar Rossas, Anjos e Agra, do mesmo arciprestado.
Exerceu ainda funções docentes de Educação Moral e Religiosa Católica no Seminário, em Revelhe, Taíde, Gandarela e Fafe. Em Julho deste ano, foi nomeado arcipreste pelo Arcebispo, D. Jorge Ortiga, sucedendo no cargo ao Padre Alcino Xavier, que terminou o segundo mandato.
Nesta condição, aceitou ser entrevistado pelo Jornal de Vieira, periódico que tem por proprietário o arciprestado de Vieira do Minho.


P: Com um tio padre e uma tia frei­ra, certamente que a fa­mília influenciou a sua vo­cação sacerdotal. Que outros factos determinaram a sua opção pelo sacerdócio?

R: De f ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
Z12YX


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!