Igreja

Bispos de todo o mundo reflectem sobre a protecção de menores

          
Bispos de todo o mundo reflectem sobre a protecção de menores

O discurso final do Papa Francisco era o momento mais aguardado da cimeira inédita de quatro dias que juntou no Vaticano 190 líderes, entre os quais 114 presidentes das conferências episcopais de todo o mundo e outros bispos e su­pe­riores de congregações religiosas, para debater a responsabilidade da Igreja Católica nos abusos sexuais praticados por membros do clero.
Francisco começou por destacar que “o flagelo dos abusos sexuais contra menores é um fenómeno historicamente difuso, infelizmente, em todas as culturas e sociedades. Mas, apenas em tempos relativamente recentes, se tornou objeto de estudos sistemáticos, graças à mudança de sensibilidade da opinião pública sobre um problema considerado tabu no passado, ou seja, todos sabiam da sua existência, mas ninguém falava nele”.


“Isso traz-me à mente também a prática religiosa cruel, difusa no passado nalgumas culturas, de oferecer seres humanos — fre­quentemente crianças — como sacrifícios nos ritos pagão ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
UPAHN


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!