Igreja

São grandes as provocações que são feitas ao Interior - Diz o bispo de Lamego

          
São grandes as provocações que são feitas ao Interior - Diz o bispo de Lamego

D. António Couto alerta para a existência de um Interior esquecido “pela grande política” e fala mesmo em “provocação”.
O bispo de Lamego, D. An­tónio Couto, alerta, em entrevista à Renascença, para a existência de um In­te­rior esquecido, com acessos e comunicações difíceis, onde a população é cada vez menor.
“O Interior não está a ser devidamente olhado pela grande política”, critica D. An­tónio, acusando mesmo os responsáveis políticos de “provocação”.
“As dioceses do Interior são especiais, porque são grandes as provocações que nos são feitas”, declara o bispo, queixando-se de que não vê nada a ser feito para inverter a situação.


“O Interior não está a ser devidamente olhado pela grande política. Não digo pe­los locais, que estão de mãos atadas. Terá que ser um olhar a sério, coisas que envolvam e arrastem ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
6K23A


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!