Igreja

Palavra e Vida

          

Na grande escola da vida, qualquer pessoa com ou sem for­mação teológica especial, para além da catequética da in­­fância e adolescência, vai dando conta de que a Igreja, Mãe e Mestra, providencia os meios necessários ao cresci­men­­to espiritual de seus filhos.
Por essa razão, facilmente encontramos os critérios que es­­tiveram na origem da escolha dos textos da Sagrada Es­cri­­tura para o Tempo Comum. Eles refletem uma continuida­de de determinado tema para que vivamos a Celebração da Palavra como proposta de conversão pessoal, de cresci­men­to na fé, que inspira as nossas obras, de modo a sentir-nos uma Igreja Santa, embora formada por pecadores, que somos.
Neste mês de Agosto somos convidados a encontrar um sen­tido para a vida, nas circunstâncias em que vivemos. Este esforço, concretiza-se na conversão interior de rejeição a toda a espécie de imoralidade, impureza, paixões, maus desejos e avareza, obstáculos à vivência do amor.
Que interessa possuir muitas coisas, se não valorizamos o que realmente é importante – ser rico aos olhos de Deus?!
Para Deus não tem importância o que eu tenho, mas o que eu sou.


Esta “catequese” proposta nos textos da Liturgia para o XVIII Domingo do Tempo Comum, em 4 de Agosto, vem a ser reforçada no Domingo seguinte, propondo-nos caminhos.
Nas dificu ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
VLKT9


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!