Igreja

Em Madagascar o Papa defendeu o «espírito de fraternidade» para combater pobreza

          
Em Madagascar o Papa defendeu o «espírito de fraternidade» para combater pobreza

O Papa Francisco dis­­se no dia 8 de Se­tem­bro, em Ma­­dagás­car, um dos países mais pobres do mundo, que só o “espírito de fra­ter­ni­da­de” pode superar a mi­sé­ria, a cor­rupção e o extre­mis­­mo, que ameaçam a dig­ni­dade humana e a natureza.


“Se olharmos ao nosso re­dor, quantos homens e mu­lheres, jovens, crianças sofrem e estão literalmente privados de tudo! Isto não faz parte do plano de Deus”, de­clarou, no Campo D ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
6L4GF


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!