Igreja

Palavra e Vida

          

No primeiro Domingo de Novembro (XXXI do Tempo Co­­mum) a Liturgia da Palavra convida-nos a refletir sobre a nossa condição de seres criados por Deus sa­pien­tís­­­­simo, que tudo fez com sabedoria e amor.
Pela soberba, ofendemos muitas vezes o Criador, ao re­­­jeitar aquilo que devia ser a ordem natural. Por essa ra­­­zão S. Paulo apela ao bom senso dos cristãos. Profeti­ca­­­­mente antevia a necessidade de resistirmos, às falsas doutrinas, às informações erradas que podiam abalar a consistência da fé.


Sem nos esquivarmos à realidade que vivemos, o Evangelho sempre nos apresenta a bondade de Deus que nos espera, chama e até se faz convidado para dar a resposta às nossas ansiedade ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário