Igreja

Papa apela a uma «economia mais justa e inclusiva»

          
Papa apela a uma «economia mais justa e inclusiva»

A Quaresma, “tempo forte” de oração, jejum e atenção aos necessitados, oferece a todo cristão a possibilidade de se preparar para a Páscoa fazendo um sério discernimento da própria vida, confrontando-se de maneira especial com a Palavra de Deus, que ilumina o itinerário quotidiano dos fiéis.
Na mensagem para a Qua­resma deste ano, o Pa­pa Francisco exortou os fiéis para que vivam com intensidade a generosidade e a partilha dos bens com os necessitados, vítimas de desastres naturais, idosos e enfermos e abracem o caminho da conversão.
A Quaresma é um “tempo propício para nos prepararmos para celebrar, de coração renovado, o grande Mistério da morte e ressurreição de Jesus, cerne da vida cristã pessoal e comunitária”. O Papa Francisco, questiona os que acumulam riqueza, apela a uma “economia mais justa e inclusiva” baseada na solidariedade e “partilha caritativa”.


“A partilha, na caridade, torna o homem mais humano; com a acumulação, corre o risco de embrutecer, fechado no seu egoísmo. Podemos e devemos ir mais além, considerando as dimensõe ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário