Igreja

Clero do arciprestado avalia regresso às celebrações religiosas

          
Clero do arciprestado avalia regresso às celebrações religiosas

Os sacerdotes do arci­pres­­­tado de Vieira do Mi­nho, na sua reunião prepa­ra­tória do regresso dos fiéis às celebrações dominicais, ha­­viam augurado uma di­mi­­­nuição da ordem dos 50 a 60%. No último encontro fi­zeram a avaliação daquele regresso às igrejas, após dois meses e meio de ausência (15 de Março a 30 de Maio) e constataram que a presença física ficou além das expectativas: salvo raras excepções a participação nas eucaristias dominicais não ultrapassou os 20% da frequência anterior à epidemia do Covid. Face ao ambi­en­te de medo, criado por es­ta situação de pandemia, às exi­gências da direção-geral de Saúde, e aos reduzidos es­­paços de muitas igrejas, es­­perava-se uma grande di­mi­nuição de pessoas no primeiro dia do regresso às ce­le­­brações comunitárias reli­giosas.


O encontro do clero viei­ren­­se serviu ainda para tomar conhecimento de algumas orientações do episco­pa­do e da arquidiocese de Bra­­­ga sobre festas e cele­bra­­­ções de sacramentos. Ficou assente que nenhuma pa­­­róquia do arciprestado de Vi­eira do Minho, em cum­pri­­mento das determinações da DGS e da Igreja, rea­li­zará, até ao final deste ano pastoral, primeiras comunhões, profissões de fé, procissões e festas religiosas.
2020-06-15


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário