Igreja

Cristo ressuscitado em Páscoa sem compasso

          
Cristo ressuscitado em Páscoa sem compasso

O tradicional “compasso pascal” com visita às casas, no período da Páscoa, volta a estar proibido este ano, devido ao Estado de Emergência, bem como “qualquer saída simbólica da cruz”. A decisão é do arcebispo de Braga, comunicada em nota pastoral sobre o regresso às celebrações religiosas com presença de fiéis.


“O período da Páscoa não será celebrado com os ha­bituais sinais festivos dos compassos pascais que ca­mi­nham pelas ruas e entram nas casas. Desprovidos de sinais, devemos pro­­­m ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário