Igreja

Papa e responsáveis internacionais rejeitam fundamentalismo e violência em apelo conjunto

          
Papa e responsáveis internacionais rejeitam fundamentalismo e violência em apelo conjunto

O Papa e líderes religiosos de todo o mundo assinaram hoje em Roma um apelo conjunto pela paz, rejeitando qualquer ato de violência ou o fundamentalismo em nome dos seus credos.
“As religiões podem encontrar a paz e educar para ela. As religiões não podem ser usadas para a guerra. Só a paz é sagrada e ninguém deve usar o nome de Deus para abençoar o terror e a violência”, refere o texto, proclamado junto ao Coliseu de Roma, encerrando um encontro inter-religioso pela paz promovido pela Comunidade católica de Santo Egídio, intitulado ‘Povos Irmãos, Terra Futura. Religiões e Culturas em Diálogo’.


O apelo, lido por uma jovem refugiada do Afeganistão, evoca as “guerras abertas, ameaças terroristas e violência grave” que afetam o planeta, marcado ainda pelas crises dos refugia ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário