Opinião

A ciência de saber calar

          

Decidi chamar ciência, à capacidade de saber calar, porque como qualquer aptidão, desenvolve-se por atos livres da vontade.
Quando o silêncio é imposto, podemos ter de ficar calados, mas não o podemos considerar virtude. Digamos que é uma sujeição a uma qualquer ditadura, seja política ou ideo­ló­­gica. Não só não é virtude, como pode até ser uma grande co­bardia. É da virtude que hoje falo.


Quando somos capazes de refletir, “remar contra correntes”, assumir diferenças, então sim, estamos a desenvolver vir­tudes, desde que o façamos conscientes que isso nos me­lho­ra, ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário