Opinião

Os jovens no PS

          

Tem sido comum ouvir algumas vozes questionar a juventude no Partido Socialista de Vieira do Minho. O facto leva-me a refletir sobre o tema.
A juventude é definida pela condição de ser jovem. O que é que os jovens têm de inferior aos restantes? Menos credibilidade? Menos competências? A idade é equivalente à inteligência? Ou será que os jovens têm mais ideias novas e diferentes, menos vícios e maior vontade de agir?


João Paulo II disse: “os jovens estão chamados a serem os prota­go­nistas dos novos tempos. Tenho plena confiança neles e estou cer­to que têm a vontade de não defraudar nem a Deus, nem à Igre­ja e nem à sociedade que provêm!”
Numa sociedade em constante mutação, onde se fazem debates e fóruns sobre a importância dos jovens na política, onde se estudam iniciativas para aproximarem os jovens da política. Em Vieira do Minho os jovens na política parecem uma pedra no sapato. Per­gun­to-me de quem? Dos que se agarram ao poder? Dos que acham que a idade é um posto ou dos que acreditam que vivem para sempre e o seu estatuto é eterno?
Mais de metade dos jovens a nível mundial não se sente representada pelos seus governos, e 57% dos portugueses, entre os 15 e os 24 anos, não revelam qualquer interesse na política. Os dados constam do estudo “Emprego, Mobilidade, Política e Lazer: situações e atitudes dos jovens numa perspectiva comparada”, feito em 2015 com o patrocínio da Presidência da República. Segundo o mesmo estudo, os jovens adultos, com idades entre os 24 e 34 anos, demonstram um pouco mais de interesse: 41,2% lêem artigos de política todas as semanas. Estes, explica Marina Costa Lobo, já se interessam mais pois muitos são casados, têm filhos, trabalham e há assuntos que lhes tocam. Em Vieira do Minho termos jovens adul­tos no Partido Socialista parece estranho, ofensivo e preo­cu­pan­te.
O mais importante não serão as ideias e projectos apresentados, a vontade de fazer diferente pelo concelho e pelo país? Não se­rá interessante fazer oposição, mostrar uma nova alternativa.
Já agora até quando se é jovem? Porque por mais que os anos passem, espero espiritual e mentalmente ter a leveza e a força dos jovens!
Vânia Cruz
2020-02-27


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário