Opinião

O primeiro amor

          

O primeiro amor de uma rapariga é o seu pai.
É ele o primeiro homem que se encanta com ela. É ele quem primeiro a trata co­mo a uma princesa, quem lhe faz todas as vontades e lhe adivinha todos os desejos.
O pai é o primeiro homem que ela observa, quan­do ainda nem sabe que está a observar. O primeiro a quem dá a mão e a quem fa­la de segredos e de sonhos. O primeiro a quem deseja agradar.
Espera que ele chegue a ca­sa, corre para ele, quer sair com ele.


Tem no coração o terrível re­ceio de que alguma coisa má aconteça ao pai.
E quando o pai conversa com a mãe, ou quando discutem ou trocam carinhos, ela observa. Vê como eles re ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado!
Escolha agora uma assinatura; ou se é assinante, autentique-se para ler artigo completo.

Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário