Autarquia

Confraria dos “Sabores e Tradições de Vieira do Minho”

          
Confraria dos “Sabores e Tradições de Vieira do Minho”

No dia 15 de Fevereiro realizou-se o “I Capítulo de Entronização” da Confraria Gastronómica “ Sabores e Tradições de Vi­ei­ra do Minho”, onde foram entronizados cerca de 25 confrades amigos vieirenses residentes e não residentes.


Esta associação, consti­tuí­­da em 29 de Janeiro de 2020, tem como actividades a promoção do prato Couves com Feijões amarelos; promoção dos barqui­lhe­res; pro­moção a nível re­gional, nacional e internacional da gastronomia viei­rense através de mostras, concursos e realização de encontros gas­tronómicos, com almoços, jantares e ceias da gastro­no­mia vieiren­se.
Tendo os claustros da Ca­sa de Lamas como pano de fun­do, o evento iniciou-se com um convívio entre todos os cerca de 80 confra­des das cerca de 30 Confrarias presentes. Após o “acon­­­­­­chego” os convidados des­­­locaram-se ao Auditório Municipal, onde Elsa Ribeiro, vereadora da educação da CM Vieira do Minho, se dis­­ponibilizou para a ceri­mó­­­­­nia de apresentação e do ri­tual de entronização.
A entronização que cul­mi­­nou no juramento dos con­­frades, que “comprometem-se a promover, pre­ser­var, pesquisar e divulgar os produtos, tradições, saberes e sabores de Vieira do Mi­nho”, foi precedida de mo­­mentos musicais pro­por­­cio­na­dos pela tocadora de con­cer­tina, Daniela, do Grupo de Cavaquinhos e do Co­ro da Universidade Sé­nior.
Como consta na acta da Con­fraria a Câmara Munici­pal, na pessoa do seu presi­den­te é o confrade de honra pe­lo que também recebeu o di­ploma. Após a troca de lem­­­branças entre as Confrarias, o presidente dos Sabores do Botaréu, de Águe­da, brin­dou com um poema a for­ma “princi­pesca”como fo­­­­­ram recebidos em Vieira do Minho. “Em pleno Con­da­­­­­do Portu­calense por uma es­trela em forma de vieira, fo­ram desviados da via ro­ma­na bracara Augusta por uma chega de bois e a força garrana levou-os a subir a ser­ra da Cabreira. Que agradável tertúlia à volta de uma lareira de panelas negras de três pés fumegantes..... Aqui apadrinhamos a nova Con­fra­­­ria dos Sabores e Tradições de Vieira do Minho.
O ritual prosseguiu no exterior, onde todas as Con­­frarias desfilaram, em pro­cis­são, até à Praça Guilherme de Abreu, onde decorria a Feira do Fumeiro, tendo a nova Con­fra­ria a opor­­­­tuni­dade através do pro­grama “Aqui Portugal” da RTP apresentar o seu tra­je e o escapu­lário com me­­­da­­lha.
O evento terminou num res­­­taurante das Cerdeiri­nhas, onde o professor José Fi­que, o grão-mestre (presi­dente da Direcção) e responsável por este even­­to recebeu de todos os con­­frades os maiores elogios pela forma como foram recebidos na Vernária.
Neli Pereira e António Ma­tos são os presidentes da As­sembleia Geral e Conselho Fiscal da nova Confraria vieirense.
2020-02-27


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário