Desporto

I DIVISÃO DISTRITAL

Muita transpiração e pouca inspiração

Em dia de Feira da Ladra foram muitos os espectadores que à sombra presenciarem o derbie, enquanto os jogadores para além da temperatura (33º graus) enfrentaram o pó que levantava do campo Paroquial. Num jogo que teve muita transpiração e pouca inspiração só a partir da hora do jogo ganhou alguma emoção com o Mosteiro por intermédio de Fomas, Zé Carlos e André Fonseca a criarem alguma agitação na área do adversário. O Rossas, pareceu um conjunto mais entrosado, ganhou mais pontapés de canto e em lançamentos para a área tentava desfazer o nulo.


I DIVISÃO DISTRITAL

Dois jogos duas vitórias

Numa tarde de temperaturas elevadas ambas as equipas proporcionaram um espectáculo agradável, com o Guilhofrei paulatinamente a assumir o controlo da partida.
Rui e Tico na primeira parte marcaram os golos que deram maior tranquilidade aos pupilos de José Vieira para a etapa complementar onde se marcaram mais dois. Uma goleada dedicada no final da partida ao Manuel Perú, camisola 10, ferido num acidente de viação.


PRÓ NACIONAL

Terceiro empate contra candidatos

No dia de reflexão autárquica o Maria da Fonte que assume candidatura à subida de divisão e o Vieira SC por fazer melhor do que o ano passado não foram além do empate. Pode-se considerar o resultado justo no derbie, sempre apaixonante, mas se a vitória surgisse para os donos da casa não estranhava ninguém, sobretudo pelo que fizeram no primeiro tempo. Entraram fortes e as oportunidades apareceram cedo, com Luca na sequência de um livre a rematar rente ao poste, Diogo a cruzamento da direita, em posição, privilegiada a atirar ao lado. Noutra ocasião, não acreditou no falhanço do adversário e a bola bateu-lhe nas pernas e foi morrer às mãos do guarda-redes. Perto do intervalo, novamente o avançado vieirense, à saída do guarda-redes ao seu encontro não foi capaz de desviar a bola para a baliza, saindo lesionado deste lance. Apenas por uma vez o Maria da Fonte criou perigo num remate de Telmo, um ex-Vieira SC.


PRÓ NACIONAL

Luca & Nani marca de qualidade

Em jogo de atraso da 3ª jornada a dupla vieirense Nani e Luca, autores dos golos garantiram a primeira vitória em casa. Luca, do grande círculo, fez um golaço para ver e rever.
Como de costume a equipa vieirense entra forte no jogo e tem logo uma oportunidade de golo desperdiçada por Cláudio. Castro, que regressou à competição após prolongada paragem devido a lesão, cruzou para Élio cabecear por cima da trave. Cláudio volta a desperdiçar ocasião de marcar e o guarda-redes do Esposende nega o golo a Nani. A primeira parte termina com o Esposende a rematar desenquadrado com a baliza de João Nunes.


PRÓ NACIONAL

Valeu pela ponta final

Até ao tempo regulamentar tinha sido um jogo morno nada condizente com a temperatura que rondava os 33 graus. Nos quatro minutos de compensação, o Brito que jogou desfalcado de quatro jogadores, suspensos por não comparecerem na convocatória para a seleção da AF Braga, teve a melhor oportunidade num cabeceamento à trave e na resposta Zé Pedro fez um passe que pôs Luca na cara do guarda-redes e o capitão de equipa fez o golo. Antes do apito final, Luca voltou a isolar-se e teve a hipótese de bisar, rematando ao rente ao poste.


Pensamento desportivo

Messi contra o Mundo

A Argentina, apesar dos muitos percalços pelo caminho, está qualificada para o Mundial da Rússia, em 2018. E a seleção das Pampas deve-o, sobretudo, a uma pessoa: Lionel Messi. Outrora criticado pelos adeptos da albiceleste, que defendiam que Messi “não jogava nada” na seleção, o craque do Barcelona carregou a equipa às costas nesta fase de qualificação e, no encontro decisivo desta madrugada no Equador, apontou os três golos que impediram uma hecatombe.


Taça AF Braga

O sorteio da 2ª eliminatória ditou os seguintes jogos a realizarem-se em 28/29 de Outubro: Rossas- MJ Póvoa; Telhado-Guilhofrei; Mosteiro-Berço. Em juniores, o Vieira SC desloca-se a Candoso e nos juvenis recebe o Ruivanense.


Rali Rodome em Vieira do Minho

No dia 22 de Outubro vai para a estrada a II edição do Rali Rodome, prova organizada pela Câmara Municipal de Vieira do Minho e o Motor Clube de Guimarães.
Com as inscrições terminadas no passado dia 13, o Rali tem uma estrutura igual a 2016, ou seja, uma tripla passagem pelo troço desenhado na Serra da Cabreira, no sentido inverso ao Rali de Portugal, com 11 Km de extensão, com cerca de 40 Km de ligações, sendo portanto muito compacto, barato para reconhecer e permitindo ao publico assistir a três passagens dos concorrentes.
Este ano, o Rali será observado pela FPAK, pois é candidato a integrar o CRRN em 2018.


PRO NACIONAL

Quem desperdiça assim não merece vencer

O Vieira SC conhecedor que o adversário candidato assumido à subida de divisão e vinha de uma vitória categórica (4-1) sobre o Taipas, entrou no jogo com determinação e a primeira parte só teve sentido único. A baliza do Nine.
Foram quarenta e cinco minutos em cima da área do adversário, ocasiões para marcar em série e o pecado da finalização a vir ao de cima. Miguel Paredes disse com razão que quem desperdiça assim dificilmente ganha e não há dúvida alguma. Zé Pedro nos minutos iniciais em condição de encaminhar-se para a baliza, depois de um passe bem direcionado de Bruno Cunha preferiu, olhar para o lado, e perdeu ocasião de rematar. Volvidos alguns minutos fez o mesmo, em vez de caminhar em direção à baliza, quis servir Luca e o lance perdeu-se. À terceira vez acertou no poste após uma boa rotação. Aqui, infelicidade para o ponta-de-lança que dá tudo em campo só peca na finalização, adquirindo confiança ainda vai dar muitas alegrias aos vieirenses. Mas, as oportunidades de golo não se ficaram por aqui, e Gustinho (dois amarelos num curto espaço de tempo), com um passe de mestre descobriu Lamela em cima da linha de fundo que cruzou para Luca e este à espera que a bola lhe chegasse para empurrar para a baliza deixou-se antecipar por um defesa. Rafinha na pequena área, após livre de Gustinho cabeceou por cima do travessão. Um resumo daquilo que se passou na 1ª parte que deixou a equipa técnica do Ninense no banco de suplentes, enquanto os seus atletas tomavam o chá do intervalo.


Rali Rodome Vieira do Minho 2017

O Rali Rodome Vieira do Minho vai para a estrada no próximo dia 22 de Outubro numa organização da Câmara Municipal e do Motor Clube de Guimarães.
A segunda edição do Rali que será observado pela Federação Portuguesa de Automóveis e Karting (FPAK), pois é candidato a integrar o CRRN em 2018, terá uma estrutura igual a 2016. Três provas pelo troço desenhado na serra da Cabreira, no sentido inverso ao Rali de Portugal, com 11 Km de extensão, com cerca de 40 Km de ligações, sendo portanto muito compacto, barato para reconhecer e permitindo ao publico assistir a três passagens dos concorrentes.
Tudo aponta para que o ali tenha um número considerável de concorrentes e os pilotos vieirenses já preparam os seus carros.