Reportagem

Assembleia Geral Vicentina

Decorreu no dia 25 de Novembro a Assembleia Geral Arquidiocesana das Conferências de S. Vicente de Paulo, no Centro Pastoral, sito na rua de S. Domingos em Braga, sob a presidência de António Rodrigues destinada á aprovação do plano de Actividades.
Após as orações iniciais, teve lugar uma Reflexão subordinada ao tema: «100 anos de Fátima: contexto e espiritualidade», pelo aluno do 4º ano de Teologia, Miguel Rodrigues.



CHAMVIN: VIIª Edição de Mostra e Degustação

A empresa especializada na comercialização de vinhos e espirituosas CHAMVIN — Garrafeira & Comércio de Bebidas, realizou em 25 de Novembro, a sua VIIª edição de Mostra e Degustação que contou centenas de convidados.
Há década e meia estabelecida no Parque Industrial das Cerdeirinhas, a garrafeira CHAMVIN, nascida da experiência profissional acumulada do seu gestor e proprietário, Abílio Barbosa, é hoje uma marca de referência, com créditos firmados junto dos clientes das principais casas de restauração do distrito.


Assembleia Geral da Misericórdia de Vieira do Minho

Aprova Orçamento 2018 de cerca de 2 milhões e meio de euros

A Santa Casa de Misericórdia de Vieira do Minho, em Assembleia de Irmãos realizada em 25 de Novembro, submeteu a análise e debate a Proposta de Orçamento para o ano de 2018 com a demonstração de resultados provisionais orçamentados em 2.481.100,00 euros que prevê o resultado líquido de seis mil e duzentos euros, que foi aprovado por unanimidade.
A proposta, segundo o Provedor Dr. Alfredo Ramalho, é baseada nos resultados apurados até 30 de Setembro do exercício em curso, acrescidos, na melhor estimativa, para os gastos e rendimentos a apurar até ao fim do ano. Segundo a mesma fonte, o Plano de Actividades e Orçamento para 2018 foi elaborado “tendo em conta os critérios do rigor e do realismo, e refletindo as tendências e impactos externos e internos passíveis de identificar com os indicadores disponíveis à data da sua elaboração”.


António Cardoso preside a um executivo de maioria feminina

Promete mais emprego e novos investimentos para Vieira do Minho

A promessa da criação de mais postos de trabalho, o combate à pobreza e uma gestão de proximidade, foram algumas das medidas apresentados por António
Cardoso que pretende, no novo mandato, concretizar “o sonho de um concelho moderno, com futuro e com maior qualidade
de vida”.


INCÊNDIOS

Nova tragédia com mais 45 mortos

Depois da tragédia de 17 de Junho em que morreram 64 pessoas, nova catástrofe se abateu sobre o país, desta vez não circunscrita a um ou dois distritos mas a deze­nas de concelhos, desde Mon­ção, Braga, Guimarães, Vi­­eira do Minho, Ton­dela, Tá­­bua, Santa Com­ba Dão, Ne­­las, Vou­ze­la, Gouveia, Pe­­na­cova, Car­regal do Sal, Oli­veira de Frades e Oliveira do Hospital...
Oliveira do Hospital foi onde morreram mais pessoas nos incêndios do fatídico 15 de Outubro: 12 vítimas mor­tais. O fogo deixou um rasto de morte e destruição. Oitenta e cinco empresas foram consumidas pelas chamas e os danos ultrapassam os 100 milhões de euros.


Feira da Ladra

Seis dias de festa

O cartaz-programa para os seis dias das festas concelhias da Feira da Ladra (4 a 9 de Outubro) foi apresentado à comunicação social em 27 de Setembro.
Segundo António Cardoso, presidente da Câmara Municipal, a Feira da Ladra “continua a ser uma referência para a população de Vieira do Minho e da região, com grande expressão para a economia local”.
O médico veterenário, José Vieira Leite, da Cooperativa Agrícola de Vieira do Minho, considerou o cartaz a nível pecuário e da agricultura o melhor do norte de Portugal. “Não há concelho que tenha um cartaz de raças autócnes tão rico como o de Vieira do Minho”, referiu aos jornalistas, em conferência de imprensa.
As festas que vão custar aos cofres do Município cerca de 50 mil euros, valor igual ao estimado da receita da “venda do terrado”, têm como cabeças de cartaz, David Carreira, Função Públika e Jorge Ferreira, começam na quarta-feira, dia 4, e prolongam-se até dia 9, dia do feriado municipal.
Concursos pecuários, corridas de cavalos, chegas de bois, cortejo etnográfico, bandas filarmónicas e ranchos folclóricos preenchem um programa para atrair milhares de forasteiros à sede do concelho, como espera a Autarquia, este ano com parceria da Rádio Alto Ave na programação musical.


O “dever de contenção”

À margem da vista ao Hospital António Lopes, e em conversa com os jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou (a Cavaco Silva) que quem passa por Belém deve ter cuidado com aquilo que diz. Mesmo sem nunca pronunciar o nome do ex-presidente da República, Cavaco Silva, que na intervenção na Universidade de Verão da JSD lançou duras críticas a vários actores políticos, Marcelo não escondeu o desconforto com o seu antecessor e lembrou que há “um dever de contenção e reserva” dos ex-presidentes da República. “Quando deixar de ser Presidente não farei comentários sobre os meus sucessores”. Palavras que foram interpretadas pelos jornalistas como comentário às farpas de Cavaco Silva sobre o desempenho de Marcelo no cargo de Presidente.


Assembleia Municipal de Vieira do Minho

Aprova por unanimidade 75 mil euros para obras nas freguesias

Na última reunião da Assembleia Municipal realizada na noite do dia 1 de Setembro, PSD e CDS tecem elogios ao Executivo por cumprir os compromissos assumidos neste mandato, enquanto o PS considera normal a sua actuação. Todos aplaudiram a forma como Neli Pereira, presidente da Mesa, conduziu os trabalhos nas sessões na “casa da democracia e do debate” nesta legislatura.
O PS propôs que o Município suporte parte da verba na aquisição de um veículo novo que substitua o danificado nos bombeiros voluntários, recentemente, no acidente na estrada das Cerdeirinhas a Parada de Bouro. E propôs voto de louvor a Amândio Araújo e Eduardo Freitas, atletas do Parahoquei, campeões europeus. Ambos aprovados, por unanimidade.


Marcelo Rebelo de Sousa visita Misericórdia da Póvoa de Lanhoso

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que inaugurou a remodelação e ampliação no dia 31 de Agosto, do Hospital António Lopes, na Póvoa de Lanhoso, por ocasião das comemorações do seu centenário, prometeu regressar no próximo dia 19 de Março, Dia do Pai, para conhecer melhor o concelho.
Aplaudido, vibrantemente, pelo presidente da Câmara, Manuel Batista e pela multidão que o recebeu com beijos, abraços e as famosas “selfies”, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o fundador do Hospital, o comendador António Lopes, e disse: “É uma alegria para um minhoto que nasceu aqui ao lado a cerca de 40 quilómetros, estar no Minho. È uma alegria dupla, primeiro por estar aqui convosco e sentir a alegria e a vossa gratidão em relação a esta Misericórdia e a este Hospital”.