Desporto

Tip Top Ermal vence torneio futebol 7 da ACR Guilhofrei

A equipa do Tip Top Er­mal derrotou na final (2-0), o Cha­­farica Team, sagran­do-se vencedor da XXVI Edi­­ção do Torneio de Futebol de 7 organizado pela ACR de Gui­lhofrei.
Dez equi­pas, divididas em duas sé­ries, durante cer­ca de um mês arrastaram muito pú­bli­­co até às ins­talações do campo des­por­tivo José Joa­­­­quim Pereira para pre­sen­ciarem ani­ma­dos jogos de futebol.
Rafa, da equipa Chafari­ca Team, venceu o prémio de melhor Guarda-redes; Lu­­­ca, de melhor jogador e a Casa Freitas levou para ca­­sa a taça fair-play.
No futebol feminino, “As Co­­­madres” venceram as “La­­­­­ranjas Mecânicas”.


PENSAMENTO DESPORTIVO

“Perdoa-nos, Francisco...”

Uma notícia no mínimo surpreendente atingiu-nos du­ran­te esta semana: Francisco Geraldes vai voltar a ser em­prestado pelo Sporting, com o destino a ser o Eintracht Frankfurt onde vai ser companheiro do ex-portista Gonça­lo Paciência e do benfiquista Luka Jovic.
É, porém, complicado perceber como é que o Sporting é capaz de voltar a ceder um jogador desta qualidade, ain­da para mais com tudo o que aconteceu no clube leo­nino ao longo dos últimos meses. Se Geraldes já tinha feito falta em 2017/2018 aos leões, em 2018/2019 vai fazer ainda mais. Aliás, este tinha tudo para ser uma das principais figuras do novo Sporting, depois de ter “ex­plodido” completamente na temporada passada ao serviço do Rio Ave.


ACR Guilhofrei em campanha de angariação

A ACR de Guilhofrei tem para o dia 4 de Agosto um le­que de actividades com o objectivo de angariação de fun­dos para a nova época desportiva. Assim, pela manhã, uma arruada de bombos percorrerá a freguesia e à tarde na se­de do clube terá lugar torneios de sueca, do­­minó, damas e sapo. Antes da apresentação da equipa à comunica­ção social, pelas 18h30, realiza-se o I tor­neio de bubble fu­tebol.
Pelas 20 horas um churrasco encerrará a jornada e os sócios e simpatizantes terão oportunidade de conhecer todo o plantel que disputará a série A da divisão de hon­ra da AF Braga.


Volta a Portugal passa por Vieira do Minho

A 80ª volta a Portugal em bicicleta de 1 a 12 de Agosto passa em Vieira do Minho. Na 7ª etapa que liga Mon­ta­legre a Viana do Castelo, no dia 9 tem passagem pela zo­na do Cávado. Pelas 14h30, está prevista em Sala­mon­de, uma meta volante e dali os ciclistas seguem em direcção às Cerdeirinhas.


Torneio de Futebol de Praia

Vinte equipas, divididas em quatro grupos, desde a noi­te de 16 de Julho, procuram o pódio do torneio de fu­­tebol de praia organizado pela Câmara Municipal de Vi­eira do Minho. Ainda na fase de Grupos, a equipa da GNR e a JF de Castelões, a única fora do concelho, já ga­rantiram a passagem à fase seguinte. Para além de equipas patrocinadas por empresas vieirenses há oito com o patrocínio de Uniões/Juntas de Freguesia: Tabua­ças; Cantelães,Vieira do Minho, Eira Vedra, Mosteiro, Ros­­­sas, Ruivães/Campos e Caniçada/Soengas.
A final está marcada para o dia 11 de Agosto seguida de entrega de prémios.


D. Jorge Ortiga apresentou a carta pastoral “Desporto: escola e missão de humanidade”

O arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, apresentou no dia 19 de Julho no Bar do Es­paço Vita, em Braga, a car­ta pastoral “Desporto: Es­cola e Missão de Huma­ni­dade”.
Na presença de Sameiro Araújo, vereadora do des­por­to, António Salvador, Júlio Mendes, Armando Silva e Antó­nio Campos, respe­cti­­va­­mente presidentes do Bra­­ga, Guima­rães, Aves e Rio Ave, entre outros o bispo lembrou que “o desporto, hoje em dia, tem de ser re­­­valorizado por­que se é in­te­­ressante e se os resultados são também muito inte­ressantes importa que vá rea­­dquirindo verdadeiro sen­­­tido e possa efetiva­men­te ser um meio para a reali­za­ção das pessoas humanas, e também para que as pes­soas sejam efetiva­men­te felizes”, disse D. Jorge Or­­tiga,” perante dirigentes, atle­tas, adeptos, cla­ques e comunicação social.
D. Jorge Ortiga dirigiu-se di­­­retamente aos protagonistas, começando pelos dirigentes e atletas, mas, também, aos adeptos e às cla­ques que “deviam promover o sentido de festa e de alegria e promovem atos de violência e de terror”, lamenta o prelado.
A violência é outra dessa “ano­malias”, aponta D. Jorge que acrescenta “a corrida desenfreada ao dinheiro a desconsideração pelos ou­tros e, por vezes, um certo racismo”, como outros dos males do desporto.


Vieira SC apresenta-se para nova época e Taça de Portugal

Em 28 de Julho, Pedro Araújo, presidente da Comissão Administrativa, o treinador, Miguel Paredes e os quatros capitães, Luca, Nani, Élio e Jó Vieirinha, na apresentação do plantel à comunicação social prometeram entrar “em qualquer campo para ganhar”.


PENSAMENTO DESPORTIVO

O balanço do Mundial

Portugal caiu nos oitavos de final do Mundial de 2018, aos pés do Uruguai, naquele que foi o melhor jogo da se­le­ção em todo o torneio. Terminada a prestação lusa, é hora de fazer um balanço.

Em suma, Portugal desiludiu imenso tendo em conta o que seriam as expectativas. Mas será que desiludiu mesmo? Na minha opinião, não. Não desiludiu porque foi uma seleção igual ao que tem sido desde há muito tempo. Sendo totalmente transparente e vendo as coisas como têm que ser vistas, penso que é mais ou menos unânime a opinião de que a nossa seleção joga pouco para os atletas que tem à sua disposição. Na Rússia, foi mais do mesmo.
Conseguimos um empate perante a Espanha apenas e só pelo facto de termos uma noite inspirada do melhor do Mun­do, Cristiano Ronaldo, e depois disso seguiram-se duas exibições muito pobres frente a Marrocos e Irão. O melhor jogo acaba por ser perante o Uruguai e, curiosamente, foi o único em que saímos derrotados.


João Macedo conquistou o 30º Grande Prémio do Minho

Vieira do Minho consagrou em 8 de Julho João Ma­cedo da Sicasal/liberty Se­guros/Bombarralense como o grande vencedor da 30ª edição do Grande Pré­mio do Minho. Prova que te­ve início no dia 6 em Guimarães, no dia 7 subiram ao al­to de Castro La­bo­reiro e no Do­mingo, o pe­lotão com­pos­to por ciclistas juniores portugueses e es­panhois percorreu parte do concelho de Vieira do Mi­nho.
Após a etapa considerada a mais dura, ocorrida no dia anterior em Melgaço, o pe­lo­tão preparou-se então pa­ra a subida ao alto de Ser­ra­dela, contagem de 2ª cate­goria, que consagrou o campeão nacional Pedro Andra­de, Vito-Feirense/Bla­ckjack, com o pelotão a fra­cionar-se em dois grupos, ficando no gru­po da frente os portadores das camisolas amarela CJR, ver­de Con­trolsafe, azul Arrecadações da Quintã, laranja Ci­sion e branca Uni­ver­si­dade do Minho.
O pódio final do 30º Grande Prémio do Mi­nho ficou com­posto da segui­nte forma: primeiro Jo­­ão Ma­cedo, na segunda posição Pedro Pin­­to (Sil­va e Vi­nha/ADRAP/Sentir Penafiel) e Dio­go Barbosa (Vi­to-Fei­ren­se/Bla­ckja­ck) ocupou o último de­grau.


Provas Santo Huberto

2º Grande Prémio Serra da Cabreira

Em 30 de Junho, o Clube de Caça e Pesca de Vi­eira do Mi­nho organizou o 2º Grande Prémio Serra da Ca­breira, pa­ra caçadores com cão de parar-provas de Santo Hu­ber­to, que contou com 27 conjuntos, ori­un­dos de várias partes da zona norte e centro do país.
São objectivos das provas de Santo Huberto, promover o espírito desportivo do caçador, formá-lo na cor­recta prática do acto ci­negético, tendo em consi­de­ração os aspectos técnicos, legais e cívicos, a função e utilização do cão de pa­rar, num quadro de res­pei­to pela natureza e pela eco­­logia. 
A chuva e o nevoeiro obri­garam que a prova de “barrage” se prolongasse nos Baldios de Vilarchão após o almoço. Uma caldeirada de cabrito à “Malheta” e vitela barrosã na bra­sa, con­tribuiram para um ver­da­deiro convívio, que deve exis­tir entre caçadores e a partilha dos momentos que an­tecedem e precedem uma prova deste género.
As provas decorreram em bons terrenos de caça, nos quais as perdizes foram colocadas em locais estra­té­gicos lon­ge dos olhares do caçador que antes de ini­ciar o percur­so fez a sua apresentação, a apresentação do cão, bem co­mo a arma a utilizar ao júri da prova que era composto por: Agostinho Guimarães; Ri­bei­ro Carvalho; Eduardo Go­mes e Jorge Travessa (ambos de Vieira do Minho).