Educação

Matrículas em EMRC

A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) para a “educação integral” das novas gerações “não é um privilégio mas um direito”, lembra D. José Cordeiro.


Bolsas de estudo a universitários

A Câmara Municipal de Vieira do Minho entregou, na tarde de 8 de Junho, cerca de 30 mil euros, distribuídos por 46 bolsas de estudo a alunos universitários do conce­lho de Vieira do Minho, correspondentes a 58 candidatu­ras referentes ao ano lectivo 2017/2018. O presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, perante os estu­dantes, pais e encarregados de educação, recordou que, desde 2013, o executivo por si lidera­do tem vindo a fazer “uma aposta clara na educação”, quer em infra-estru­tu­ras, quer em recursos humanos e materiais”, salientan­ do que “a educação é a base estruturante da nossa socie­dade”, tendo apelado aos jovens estudantes contemplados com esta bolsa para aproveitarem bem o tempo de aprendizagem.


Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo premeia alunos

Com o tema “O Vieirinha smartphónico” realizou-se a 12.ª cerimónia do Quadro de Excelência no Desem­pe­nho Escolar e no Valor na noite do dia 8 de Junho no Au­ditório Municipal de Vi­eira do Minho.
Presentes, para homenagear os 94 alunos, estiveram muitos familiares, representantes das várias escolas do AEVA, entre docentes e pessoal não docente, assim como elementos das várias entidades do concelho, representando alguns dos parceiros do Agrupamento.
Após a entrada triunfal dos alunos, o Diretor do Agru­pamento de Escolas Vi­eira de Araújo, Fernando Go­mes, confirmou a relevância deste tipo de iniciati­vas para potenciar novas ações no concelho, reco­nhe­cendo, igualmente, o mé­rito destes jovens, quer na consistência do percurso escolar, quer na motivação que constituem para a restante comunidade escolar.
A entrada da Banda Filar­mó­nica de Vilarchão abriu a sessão acompanhando o “co­ro parental” constituído por encarregados de edu­ca­ção e que deixou uma mensagem sobre o uso do telemóvel, apelando ao seu uso consciente e moderado.


Ano lectivo 2018/19 já tem calendário

O projecto de calendário escolar para o próximo ano lectivo determina o início das aulas a partir de 12 de Se­tem­bro e volta a acentuar a diferença de duração dos pe­­ríodos, com apenas mês e meio no 3.º período.
Segundo o Despacho de Organização do Calendário Es­­colar, no próximo ano lectivo as aulas começam entre os dias 12 e 17 de Setembro.
A data de início é a mesma para todos os alunos, desde o Pré-escolar ao Ensino Secundário, variando apenas a da­ta do fim do ano que volta a acentuar grande diferença de duração entre os três períodos: o 1.º período come­ça entre 12 e 17 de Setembro e termina a 14 de Dezembro; o 2.º começa a 3 de Janeiro e termina a 5 de Abril e o 3.º período começa a 23 de Abril.
O fim do ano lectivo varia consoante os anos de escola­ri­­dade, com os alunos do 9.º, 11.º e 12.º anos a serem os pri­­meiros a acabar no dia 5 de Junho, com o 3º perío­do de apenas 30 dias de aulas.


Matrículas no Pré-escolar e 1º Ciclo

Estão abertas desde o dia 15 de Abril até 15 de Junho as matrículas no Pré-escolar e no 1º Ciclo. Podem ser feitas através da internet www.portaldasescolas.pt ou na sede do Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo.
É necessário, foto tipo passe; cartão de cidadão, de­cla­ração do escalão do abono de família e declara­ção mé­dica em como não tem doença infecto-contagiosa.


Provas de acesso ao “ensino articulado” de Educação Musical

No âmbito das inscrições para as provas de acesso à frequência do Conservatório de Música de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho, para os alunos que no próximo ano lectivo irão frequentar o 5º ano de escolaridade e queiram ingressar no “ensino articulado” para a aprendizagem da música, tiveram nos dias 20 e 27 no Conservatório de Guimarães – Pólo de Vieira do Minho aulas abertas para a preparação das provas de acesso.
A data da realização da (prova escrita) vai ter lugar no dia 8 de Maio.


“Ideias para Mudar o Mundo” dos alunos da escola Domingos Abreu

Uma turma de alunos do pré-escolar da Escola Básica Domingos de Abreu, em Vieira do Minho deslocou-se, em 18 de Abril, ao Salão Nobre dos Paços do Concelho para apresentar ao edil Municipal a sua proposta “para mudar o mundo” no caso concreto, “mudar Vieira do Minho”. Tratou-se de uma pista de prevenção rodoviária que os mais pequenos querem ver implementada no concelho.
A iniciativa insere-se no âmbito do projecto de empreendedorismo “Ideias para Mudar o Mundo”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Ave para promover a cidadania activa a partir da tenra idade dos frequentadores do ensino pré-escolar.



“Social media” na prática

A sala está cheia. Cento e tal estudantes estão apinhados nas suas cadeiras incómodas. Estão reunidos futuros juristas de elite: serão certamente ilustres juízes, procuradores do estado, advogados, deputados, políticos, dirigentes da indústria e líderes da economia. Decorre a prova de Direito Constitucional. Nota-se uma comunicação vivíssima em torno da sala, parece que muitos copiam com firmeza e despreocupação uns pelos outros. Há quem tenha a cabeça baixa, manuseando diligentemente os telemóveis, lendo de forma discreta o que oferece o sistema operativo. Se o telemóvel não der a resposta adequada, servem os vizinhos quer da esquerda quer da direita. Enfim, uma atmosfera surreal, repleta de falsificações intelectuais.
A professora está sentada por detrás da sua secretária, reclama animadamente com uma voz ambiciosa, e que se ouve em todo o auditório, que não é permitido copiar, nomeadamente usar os equipamentos digitais. Puro contraste, e uma excelente encenação de quem, usando o seu próprio telemóvel, parece não ter sequer a intenção de fazer qualquer tipo de controlo aos alunos. Na sua maioria, os estudantes inclinam com hipocrisia a cabeça, alguns sorrindo até ironicamente. O ambiente faz lembrar um rebanho de ovelhas, onde cada um desamparadamente se apoia no outro. Um cenário cheio de rótulos pouco significativos, de excelências “in spe”.


Competição Europeia de Estatística

Sob a orientação do docente de Matemática, Vítor Pereira, a equipa formada pelos alunos do 11.º B, Sérgio Vieira, Mariana Afonso e Rodrigo Mota, conseguiram um feito inédito para o AEVA, ficar classificados em 1.º lugar na fase nacional da Competição Europeia de Estatística (ESC).
A ESC é uma competição organizada pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia, Eurostat, e alguns Institutos Nacionais de Estatística. O objetivo central desta iniciativa é promover a literacia estatística junto dos alunos e docentes, assim como incentivar os professores a utilizar os materiais e novos métodos de ensino da estatística, permitindo a utilização de dados estatísticos, assim como a aplicação do conhecimento estatístico.