Reportagem

“Os pobres estão lixados”

Em declarações ao jornal online O MINHO, o padre Al­cino Xavier da Silva, pároco de Guilhofrei, conta que, há 27 anos, foi ele que ajudou a família “Vieira Gonçalves” a adqui­rir a casa e um terreno anexo, fruto da boa vontade e solida­riedade da então proprietária, Alzira Pinheiro, já falecida.
Ler mais


Família expulsa da sua casa comprada e habitada há 26 anos

O que fora anunciado e algumas vezes adiado, acabou por acontecer no passado dia 7 de Outubro. Uma família “despejada” pelo Tribunal da Comarca de Vieira do Minho da sua própria casa, “legalmente adquirida e habitada há 26 anos”: Firmino Vieira, 56 anos, e esposa, Maria do Céu Vieira Gonçalves, e filho residentes do lugar de Vila Boa desta freguesia de Guilhofrei.
Ler mais


Irmandade de S. Bento agradecida

Também no Santuário de S. Bento da Porta Aberta, na missa da tarde de Do­mingo, 13 de Setembro, foi prestada homenagem ao Reitor e Capelão, Pe. Ade­­­lino que ali serviu du­ran­te 38 anos.
Ler mais


D. José Tolentino propõe «novo pacto de comunicação»

O cardeal D. José Tolenti­no Mendonça, na sua comunicação, referindo os desafios colocados pela pan­de­mia à Comunicação Social, afirmou que esta desafia os media a “outra qualidade de comunicação”, com “mais pro­fundidade e mais tempo”. O que é que nos aconteceu? Perguntou o Cardeal. “O futuro chegou durante esta pandemia. Estamos co­locados perante desafios con­cretos como o debate pú­­blico para dar voz aos no­vos actores, em novos espaços de reflexão”, referiu.
Ler mais


“Histórias com nome”

As Jornadas Nacionais de Comunicação Social afirmaram a impor­tância de a informação “contar histórias de pessoas”, “falar sobre o bem que acontece” com “autenticidade” e assu­miu a crescente mobilização do público no digital.
Estas foram algumas conclusões dos grupos de trabalho que durante a tarde do primeiro dia das Jornadas, vie­ram evidenciar, mostrando online uma participação alar­gada dos inscritos.
Ler mais


Desafios da “Geração Z”

Rita Figueiras, professora da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e investigadora na área da comunicação, destacou que são os contextos que “dão sentido e si­gnificado à tecnologia”, falando do seu impacto na cha­ma­da “Geração Z”, sem memória do pré-internet.
“Cresceram num ambiente em que o digital e todas as tecnologias potenciam a interação, em escala mais reduzi­da -, de um para um -, de um para muitos e de muitos pa­­ra muitos, em simultâneo. São tecnologias mais en­vol­­ventes e reclamam mais de cada um”, assinala a entre­vis­tada na edição de hoje nas ‘Conversas Originais’, um pro­jecto da Agência ECCLESIA que decorre ao longo do mês de setembro.
Ler mais


Paróquia de Rio Caldo e Santuário de S. Bento prestam homenagem ao Pároco e Reitor Pe. Adelino

A comunidade paroquial de S. João Baptista de Rio Caldo e a Mesa Administrativa da Irmandade de S. Bento da Porta Aberta, homenagearam, em 13 de Setembro, o pároco, reitor e capelão, Padre Adelino da Costa e Sou­sa, pelos 38 anos de serviço prestado à paróquia e ao santuário.
Ler mais


Jornadas Nacionais de Comunicação em formato inédito

Os desafios de uma pandemia à Comunicação

O Secretariado Nacional das Comunicações Sociais (SNCS), da Igreja Católica em Portugal promoveu nos dias 24 e 25 de Setembro as suas Jornadas Nacionais de formação e debate, este ano num formato inédito, através das plataformas digitais.
Com o tema ‘Mais do que ligados’, as jornadas come­ça­­­ram com a conferência inau­­gural do cardeal D. Jo­sé Tolentino Mendonça, ar­q­ui­vista e bibliotecário da San­­ta Sé, intitulada “Palavras e presenças: desafios de uma pandemia à comu­ni­­ca­ção”, seguida de debate com 113 participantes.
Ler mais


Sessão da AM de Vieira do Minho presencial mas sem público

Ponto do Boco com parecer desfavorável
PS prevê muito alcatrão para 2021

Na reunião da Assem­bleia Municipal realizada na noite de 25 de Setembro no Auditório Municipal, o pre­sidente da Câmara anun­­ciou que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) emitiu um parecer desfavorável à cons­trução da nova ponte do Bôco, em Parada de Bou­ro, por estar integrada na Reserva Ecológica Na­cio­nal dos Municípios de Vi­eira do Minho e de Amares. Já a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e o Instituto Português do Pa­tri­mónio Arquitetónico (IPPA) deram pareceres favoráveis. Esta decisão deixou António Cardoso agastado com “a burocracia exis­tente” e juntamente com Manuel Moreira, presidente do Município de Amares vão tentar desa­fe­ctar a área da REN ou “equa­cionar a hipótese de reforçar a ponte existente e alargá-la, que terá um custo menor do que uma nova construção”.
Ler mais


As ofertas do homenageado

No final da Eucaristia de acção de graças, comemorativa dos 25 anos da ordenação sacerdotal o Padre Albano Costa foi presenteado com várias recordações do evento.
Ler mais