50 Anos Jornal de Vieira  1972 - 2022

Diversos

“Vessadas …”

Na memória trago as vessadas,
Os campos, as veigas lavradas...
O verde transformado num manto negro;
E o bafo dos bois mansos e valentes,
De olhos esbugalhados... silentes
A puxar o arado que abria o rego!
Ler mais


Zelensky recorda a luta contra o nazismo e chama “louco” a Putin

“Só um louco pode repetir o que aconteceu na Segun­da Guerra Mundial”, disse o presidente ucraniano.
O Chefe de Estado da Ucrânia, Vlodymyr Zelensky, referindo-se à derrota da Alemanha nazi em 9 de Maio de 1945, chamou “louco” ao presidente russo Vladimir Pu­tin e disse que “em breve haverá ‘Dias da Vitória’ na Ucrânia”.
Ler mais


Ucrânia: Dia da Vitória

Zelenskyy deixa mensagem de confiança aos ucranianos

Este ano não há parada militar na Ucrânia. É o presidente, Volodymyr Ze­lenskyy, caminhando sozinho pela avenida vazia de Kiev, onde normalmente decorre o desfile, que per­so­nifica a confiança dos ucranianos na vitória.
Ler mais


Romeu Freitas classificado em 2.º lugar no Concurso Internacional de Piano

O pianista vieirense, Romeu Freitas, alcançou o 2.º lugar na 15.ª edição da Internatio­nal Piano Competition e 1.º Concurso de Órgão da Escola de Música São Teotónio, que se realizou no passado fim-de-semana, em Coimbra.
Ler mais


José Manuel Fernandes apresenta ‘Agenda Pela Nossa Terra”

No Salão Nobre dos Pa­ços do Concelho, na Câ­­­mara Municipal de Barcelos, no Dia da Europa (09/05/22) foi apresentado o livro ‘Agenda Pela Nossa Terra’, obra de José Ma­­nuel Fernandes, Eurode­putado e coordenador do PPE na Comissão de Orçamentos.
Mário Constantino, presidente da CM Barcelos e anfitrião do evento, assi­nalou o facto de José Ma­­nuel Fernandes ter es­­colhido o concelho que dirige para realizar esta iniciativa, destacando o contributo do Eurodeputado na defesa de Portugal e, sobretudo, da região mi­nhota, no trabalho desen­volvido no Parlamento Eu­ropeu.
Ler mais


Junta de Núcleo de Vieira do Minho nos Arcos de Valdevez

Vulgarizado no escutismo como designação para encontros de chefes, no fim de semana, 7 e 8 de Maio, o INDABA 2022 – ACREDITAR, “Triunfemos no resto da Caminhada”, onde os Dirigentes, Candidatos a Dirigentes e Caminheiros da Junta de Núcleo de Vieira do Minho, do Corpo Nacional de Escutas, rumaram aos Arcos de Valdevez, mais concretamente ao CEAV – Centro Escutista dos Arcos de Valdevez.
Ler mais


Vezeiras de Rio Caldo e Vilar da Veiga sobem à serra

No passado fim-de-semana (14 e 15 de Maio), as vezeiras de Rio Caldo e Vilar da Veiga, no concelho de Terras de Bouro atravessaram a vila do Gerês, na sua “XVI Subida da Vezeira”, numa tradição secular em que o gado destas vezeiras se dirige para a serra onde permanece até à estação do Outono.
Ler mais


NORTE 2020 comparticipa construção de Unidade de Saúde de Vieira do Minho com 990.250 euros

O investimento de 50 milhões de euros do Programa NORTE 2020 abrange 20 procjetos que beneficiam toda a Região. Praticamente metade destina-se a equipamentos e tecnologias para serviços de oncologia. A CCDR-NORTE apresentou um dos mais completos e robustos pacotes de sempre de financiamento comunitário a infra-estruturas e serviços de Saúde no Norte. Ao todo, a CCDR-NORTE aprovou, ao abrigo do NORTE 2020 (Programa Operacional Regional do Norte), um conjunto de apoios dos fun­dos europeus que ascende a 30 milhões de euros, distribuído por 20 projectos, num investimento total de 50 milhões de euros.
“Os cuidados de saúde pública são um pilar da qualidade de vida, da coesão social e da competitividade de uma re­gião. No Norte, reconhecemos a necessidade desta aposta e estes financiamentos são a consequência prática des­sa aposta”, refere o Presidente da CCDR-NORTE, An­tónio Cunha.
Ler mais


Detido por posse ilegal de arma

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Terri­to­rial de Vieira do Minho, dete­ve neste concelho, em 18 de Abril, um homem de 53 anos por posse ilegal de arma.
Ler mais


Gostei!...

Gostei que o bom senso prevalecesse e influenciasse o resultado das eleições em França.
Qualquer ditadura é um atentado à liberdade. Se o resultado fosse outro, a França retrocederia num dos mais nobres valores que, desde a Revolução Francesa, defendeu, a saber, o da liberdade.
Ler mais