50 Anos Jornal de Vieira  1972 - 2022

Editorial

«Mensageiros da paz e da unidade» numa laicidade saudável

Passou para muita gente despercebido, o que aconteceu recentemente no Cazaquistão.
A justa homenagem póstuma à Rainha Isabel II, não precisava das repetições exaustivas a encher espaço de notícias, que podiam ter coberto também um Congresso Mundial, a decorrer num jovem país. Sua Majestade, se ainda estivesse entre nós, apoiaria a iniciativa, assim o creio.
Ler mais


O Amor e o Luto

Em muitos lugares já quase não se vê ninguém de luto. Não é já tão frequente vermos pessoas usando, de cima a baixo, aquelas roupas muito negras.
Esse antigo costume - tal como muitas outras coisas - tende a desaparecer. E posso dizer que, do ponto de vista estético, me alegro com o facto. O negro fere os olhos e entristece a alma. É preferível ver o sol, as flores, sorrisos.
No entanto, não recusei investigar acerca dos motivos de uma certa pena que, simultaneamente, senti dentro de mim.
Que perderemos quando perdermos o luto? Que significado existe em que o seu uso se esteja a perder?
Ler mais


Férias

Parar, descansar, sonhar, rezar…são verbos que rimam com mar e sabem a férias e a feriados.
Desde a era industrial que os meses de verão, de dias mais longos, sabem a férias e a descanso, com um tempo livre para estar com a família e os amigos, num ambiente descontraído e mais distendido.
Ler mais


Dia dos avós e dos idosos

Depois de várias décadas cele­brativas de “Anos In­ter­nacionais da Pessoa Idosa”, de programas de Apoio ao Domicílio, da “epidemia” das reformas antecipadas, da proliferação das Universidades Seniores, chegou o II Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, a celebrar em 24 de Julho de 2022.
Ler mais


Ouvir o irmão para ouvir Deus

“Escutar com o ouvido do coração” é o título da mensagem do Papa Francisco para o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais que decorre em 29 de Maio.
No texto, o Pontífice analisa a dimensão na escuta em tempos de redes sociais e a sua importância no processo sinodal da Igreja.
Na sequência lógica da mensagem precedente que convidava a um movimento de saída para “irem e verem”, procurando a verdade, observada de perto, e alertava para a “crise editorial” que cada vez mais assenta na produção de informação nas redações, “sem nunca sair à rua”, “fotocopiada” das agências noticiosas, pres­sionada pela velocidade, “sem encontrar pessoas para procurar histórias ou verificar com os próprios olhos”.
Ler mais


Páscoa e Natal sem beijar a Cruz e o Menino

A Visita Pascal voltou às ruas e às casas, dois anos depois de proibida pelas recomendações sanitárias, mas com novas orientações da Conferência Episcopal Portuguesa para “omitir o beijo na cruz, substituindo-o pe­la genuflexão ou inclinação”, numa oração familiar ou co­munitária, nas casas ou nas ruas.
Ler mais


A vitória de Cristo sobre a morte

A pintura a óleo sobre madeira, do quadro da “Ressurreição” de Raffaellino del Garbo, encomendada para a igreja de São Bartolomeu do Monte Olivete de Florença, mostra a glória de Cristo Ressuscitado e o Seu triunfo sobre a morte, perante o assombro das testemunhas deste acontecimento que não vem narrado nos Evangelhos.
O sepulcro está vazio. Cristo mostra um corpo glorioso em conformidade com os cânones da beleza greco-romana. Com a mão direita abençoa a humanidade. Com a esquerda ostenta a bandeira portadora da cruz vencedora da morte.
Ler mais


Verdade e Memória

A História escreve-se na fidelidade à verdade, sem omitir ou exagerar o que realmente aconteceu. Infeliz­men­te não vemos esta preocupação nos relatos que nos chegam, da Guerra da Ucrânia que estamos a viver.
Compreendo quão difícil será a um jornalista manter uma neutralidade informativa, mas revolta-me a mentira des­carada de quem invade, destrói, elimina e tem o cinismo de querer ser tido por salvador de oprimidos. Desisti de tentar compreender esta guerra e voltei à História.
Ler mais


O sonho da Igreja Sinodal

A Igreja reconhece que a sinodalidade é parte integran­te da sua verdadeira natureza. Ser Igreja sinodal exprime-se nos Concílios ecuménicos, nos Sínodos dos bispos, nos Sínodos diocesanos e nos Conselhos diocesanos e pa­roquiais, reconhece o Documento Prepa­ra­tório (DP) do Sínodo 2021/2023. As últimas palavras deste documento falam de “sonhos e visões” e não de “pro­jectos e documentos”.
Ler mais


EDITORIAL

Quaresma
O desafio da encruzilhada

O momento histórico em que vivemos, a saída duma pandemia para ficarmos à porta de um nova guerra, que hoje começou na Ucrânia e ameaça ser ainda mais destrutiva e letal que a pandemia, evoca a necessidade de tomar opções para decidir o caminho que queremos seguir.
Ler mais