Destaques

Guilherme Abreu, presidente da Junta de Cantelães ao JV

Guilherme Manuel Ramalho Abreu, de 42 anos, gestor bancário, foi eleito na lista da Co­ligação Por Vieira (PSD/CDS), em 2013, com155 votos, presidente da Junta da Fre­gue­sia. Em 2017, novamente, pela Coligação reforçou a vitória com 339 votos. Concorre a um terceiro mandato nas eleições autárquicas de Setembro/21.
Ler mais


Assembleia Municipal aprova contas de 2020 com sete abstenções

A Assembleia Mu­ni­ci­pal de Vieira do Minho aprovou, por maioria absoluta (7 abstenções do PS), em 30 de Junho, o relatório de gestão e as demonstrações financeiras da au­tar­quia do ano 2020, com o Partido Socialista a criticar “os custos com o aumento do pes­soal e a falta de ambição e estratégia des­­­te Exe­cutivo que se limita à actividade corrente”.

Ler mais


Câmaras assinam acordo para Ponte de Parada

Os Municípios de Vieira do Minho e Amares firmaram, em 5 de Julho, o protocolo para a reabilitação e requalificação da Ponte do Bôco, em Parada de Bouro, que une os concelhos de Amares e Vieira do Minho.
A assinatura protocolar de colaboração inter-municipal juntou os presidentes de Câmara, António Cardoso e Manuel Moreira, numa ce­rimónia que decorreu, nos Paços do Concelho de Vi­eira do Minho.
Ler mais


António Batista da Silva, presidente da Junta de Freguesia de Parada de Bouro ao JV

António Batista da Silva, 65 anos, encarregado de construção de obras públicas, foi eleito na lista do Partido Socialista, em 2013, com 218 votos, presidente da Junta da Freguesia de Parada de Bouro e em 2017, pela lista independente Unidos por Parada, reforçou a vitória com 233 votos. Concorre a um terceiro mandato.
Ler mais


ROSSAS

No dia 19 de Junho, o Auditório Municipal de Vieira do Mi­nho foi palco do lançamento do livro “Rossas: Pelos Tri­lhos da Identidade”, de autoria de Elisa Celeste Soa­res.
O evento contou com o pre­­sidente da Câmara Municipal, António Cardoso que abriu e encerrou a sessão, fe­licitando a autora pe­la obra que relata “o que as memórias têm para nos con­tar” e mostrou por parte do Município disponibilidade em acolher iniciativas que valorizam “a nossa cultura e as suas gentes”.
Ler mais


Dívida da Câmara de Vieira do Minho a mais baixa dos últimos 20 anos

De acordo com o Relatório de Atividade e Contas de Gerência, aprovado na última reunião de Câmara, o Exe­­cutivo Vieirense reduziu o seu passivo e atingiu o nível mais baixo da dívida mu­­nicipal dos últimos 20 anos.
Segundo os dados apresentados, o actual Executivo PSD/CDS reduziu a dívida que herdou do PS, em 2013, de quase 20 milhões de euros, para cerca de 9 milhões de euros, sem deixar de lado os investimentos em todas as freguesias e na sede do concelho. Os números são comprovados pela elevada taxa de execução do orçamento municipal, que se fixou nos 85%.
Ler mais