Do Cávado ao Ave

SOENGAS

Festa de S. Martinho

A comunidade paroquial de São Martinho de Soen­gas homenageou o Padroeiro no seu dia litúrgico, com celebração de uma missa às 9h, seguindo-se o Sagrado Laus­perene, que encer­rou pe­las 17 horas.
Ler mais


VILAR CHÃO

Manuel Simões Pró-director da FEUP

O professor Manuel Si­mões, natural de Vi­lar Chão, defendeu as suas provas de agregação com o tópico “De­sinfeção de superfícies industriais: a relevância dos biofilmes”, em Engenharia Química e Biológica na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), nos dias 29 e 30 de outubro, tendo obtido a aprovação unâ­­nime do júri.
Ler mais


EIRA VEDRA

Monsenhor Silvério Guimarães

Sacerdote conhecido nesta freguesia onde residem um irmão e vários sobrinhos, nos lugares de Ata­fo­na e Reagadas, Monse­nhor Silvério José Machado Ribeiro Guimarães, nascido em Pincães, concelho de Montalegre, foi dispensado, a seu pedido e por razões de saúde, pelo bispo de Vila Re­­al, D. António Augusto Aze­vedo das paróquias de Sapiãos no arciprestado do Alto Tâmega, Covas de Barroso, Vilar e Couto de Dor­nelas no mesmo arcipres­ta­do, e Boticas, continuando como capelão da Santa Casa de Misericórdia de Boticas.
Ler mais


VIEIRA DO MINHO

LIDL oferece cabaz aos Bombeiros

No dia 6 de Novembro, nas instalações do LIDL, decorreu a cerimónia da oferta de um cabaz de bens alimentares (576 garrafas de água, 120 pacotes de sumos de fruta, 60 latas de bebidas energéticas, 576 barri­tas de cereais, 30 latas de salsichas e 50 latas de atum) aos Bombeiros Voluntários de Vieira do Mi­nho, através de um protocolo entre a Liga dos Bombeiros Portugueses e esta cadeia de supermercados.
Ler mais


ROSSAS

Arminda Fernandes festeja 100 anos

Arminda Fernandes, residente no lugar de Agra, da freguesia de Rossas prepara-se para celebrar na segunda-feira, 23 de Novembro, cem anos de vida na comunidade paroquial de Agra.
Ler mais


RUIVÃES

Ponte de Rês e Caminho

De acordo com a portaria de classificação, publicada em Diário da República a 19 de Outubro, foi classificada a Ponte de Rês e Caminho de Ruivães, desta freguesia, co­mo “conjunto de interesse pú­blico” e fixada uma “graduação das restrições, nomeadamente quanto à volume­tria, morfologia, alinhamentos e cérceas, cro­ma­tismo e re­vestimento exterior dos edifícios”.
Aquela classificação levou ainda à criação de “dois zo­na­mentos”: um correspon­den­te à Ponte de Rês e o se­gun­do correspondente ao Ca­minho de Ruivães.
Ler mais


RUIVÃES

Vindima da Casa do Brás

O tempo quente e seco que se fez sentir este ano, le­vou a uma antecipação das vindimas em cerca de duas semanas. A partir da segunda semana de outubro é, por norma, a altura das vindimas em Espindo, no entanto, este ano a safra foi antecipada devido às altas temperaturas e baixa humi­da­de que se fizeram sentir.
Ler mais


CANIÇADA

Confinados em dia de finados

Esta é a realidade em que es­tamos, imposta pela nova “normalidade” ditada pelo re­crudescimento do surto pan­démico da Covid-19, ve­ri­fi­cado nas últimas semanas: em dia de finados, e não só, estamos confinados ao concelho de residência e impossibilitados dele sair pa­ra vi­sitar os nossos entes queri­dos que já partiram. De 30 de Ou­tubro às 6 horas do dia 3 de N­ovem­bro, por despacho do Governo, só os coveiros e outros funcionários dos ce­mi­térios, devidamente autorizados pelos seus chefes, po­de­rão deslocar-se, em tra­balho, pa­ra cemitérios lo­calizados fora do con­ce­lho da sua residência.
Ler mais


GUILHOFREI

Donativo ao Centro

A Junta de Freguesia de Gui­lho­frei num gesto de apoio ao Centro Social desta paróquia, e no sen­tido de melhor servir os idosos a quem está a dar apoio, ofereceu os se­guin­tes equipamentos: 32 ba­tas descar­tá­veis, um desinfetante (750 ml), 21 máscaras e um me­didor de tem­pe­ratura.
Ler mais


PARADA DE BOURO

Comodato entre a EDP e a Autarquia

Uma reunião entre a administradora da EDP-Gestão da Produção de Energia S.A., Maria Clara Maia, o pre­sidente da Câmara Mu­ni­cipal, António Cardoso e o presidente da Junta, An­tó­nio Batista, serviu para clarificar situações com os pré­dios relacionados com a construção do túnel de descarga da albufeira de Cani­çada. Assim, em regime de comodato, a EDP cederá o terreno do estaleiro para aí construir um parque de au­to-caravanismo, o terreno da escombreira para um parque de lazer e a casa do Batoco. Esta, que esteve con­denada à demolição por parte da EDP, foi “resgatada” com a promessa de se­gu­rança construíndo um mu­ro para impedir o acesso ao túnel.
Ler mais