Diversos

CIM Cávado apresentou “guia do peregrino” nos “caminhos de S. Bento”

          
CIM Cávado apresentou “guia do peregrino” nos “caminhos de S. Bento”

O Município de Braga iniciou, nos primeiros dias de Junho, a sinalização dos “Caminhos de São Bento da Porta Aberta” na sua área ter­ritorial, entre Padim da Graça e Adaúfe, cuja si­na­lé­tica foi entregue pela Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM), aos municípios de Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, que integram aquela asso­cia­ção inter-municipal, e que está a desenvolver este projecto em parceria com a Irmandade de São Bento da Porta Aberta.


Denominado “Caminhar em Segurança” e promovido por estes seis municípios, o projecto visa a valori­za­ção e sinalização dos “Caminhos de São Bento da Por­ta Aberta”, de forma a pos­sibilitar uma leitura comum dos vários percursos e uma melhor orientação, es­tratégica e em segurança, aos peregrinos e caminhantes daquele santuário.
O guia dos itinerários, apre­sentado à comunicação social em três de Junho, acompanha, “gosso modo”, o curso do rio Cávado na sua extensão de cerca de 70 Km, entre Esposende e Terras de Bouro.
Segundo o primeiro se­cre­tário da CIM Cávado, Luís Macedo, o projecto de sinalização dos trilhos mais antigos de S. Bento foi fi­nan­ciado com 80 mil pelo programa comunitário In­ter­­reg-Poctep. A outra fase do projecto decorre do âmbito do Minho Inovação, e integra a rede de rotas principais do Minho rumo aque­le santuário.
O guião destes trilhos pre­tende ser um elemento de apoio ao peregrino e ca­mi­nhante, dando-lhes orientação geográfica, informação sobre pontos de in­te­resse e de apoio, e na in­ter­pretação do património re­ligioso e cultural ao longo da rede definida, sendo ainda um elemento de pro­mo­ção do Caminho de São Bento e para o território do Cávado.
2020-06-29


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário