Igreja

Cónego Narciso Fernandes celebrou 50 anos de sacerdócio

          
Cónego Narciso Fernandes celebrou 50 anos de sacerdócio

À homilia, o senhor cóne­go Narciso agradeceu a pre­sença dos familiares, con­vidados e amigos que ao longo “dos 50 anos de serviço à Igreja o ajudaram a ser padre”. “Celebrar Bodas de Ouro Sacerdotais é encontrar-me com a miseri­córdia de Deus que se dignou acolher-me e sustentar-me nas entranhas da Sua Bondade”.
Reconhecendo a sua vi­da e vocação sacerdotal co­mo “um acto de amor eterno e gratuito de Deus, pelo qual se revela ao homem o porquê e para quê da vida neste mundo”, apresentou o itinerário da vida de um pa­dre como “um homem di­fe­rente”, “capaz de acolher na disponibilidade de tempo e de coração” as “dores, anseios, traições, injustiças, frustrações e lutos, solidário na travessia do deserto, das horas amargas, das de­silusões e fracassos”. Ter­mi­nou afirmando que apenas “duas coisas na vida são fonte de felicidade: a cons­ciência do dever cum­pri­­do e o bem que pra­ti­camos”, concluindo que “ter consciência de sem­pre ter procurado fazer o melhor, como pude, como soube ou co­mo me deixaram, mas (sempre) numa fidelidade à Igreja e ao Evangelho”.


No final da Eucaristia o ho­menageado foi agraciado com a oferta de um quadro, re­trato tamanho real, com pin­tura em tela da autoria de João Abel Mota. Aos con­vidados foi depois ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
RP3O8


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!