Política

Sócrates acusado de 31 crimes e de receber 24 milhões em luvas

          
Sócrates acusado de 31 crimes e de receber 24 milhões em luvas

O Ministério Público deduziu acusação contra 28 arguidos em despacho final da Operação Marquês.
Sócrates é acusado de 31 crimes e de ter ganho 24 milhões de euros na Suiça, de forma ilegal, através de um esquema que mascarou dinheiro vindo dos grupos Lena, Espírito Santo e Vale do Lobo, anunciou em comunicado a Procuradoria Geral da República (PGR) na manhã de 11 de Outubro. José Sócrates está acusado de 31 crimes: três de corrupção passiva, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documento e três de fraude fiscal qualificada.  


Naquele mega-processo foram acusadas um total de 19 pessoas singulares e nove empresas, incluindo o ex-banqueiro Ricardo Salgado, os gestores Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, o f ...

A sua assinatura expirou, ou não está autenticado com o seu login e password!
Clique para escolher uma assinatura; ou no caso de já ter uma assinatura por favor autentique-se com o seu login e password.


Comentários

Comentar esta notícia

Nome

Email

Comentário


Verificação de palavras
Escreva os caracteres que vê abaixo
4OYHK


    

Ainda ninguém comentou esta notícia!