Política

PS contesta “revisão de erros e omissões”

          

Em nota enviada à redacção de JV, a Comissão Políti­ca Local do PS contesta a revisão de preços “por erros e omissões do projecto” de requa­lificação da Es­cola Básica e Secundária , reclamada à Câmara Municipal pela empresa MJFT CONSTRUÇÕES, LDA.


Segundo o comunicado, “o valor rejeitado por unanimidade em reunião de Câmara, vem dar razão ao PS de Vieira do Minho que, desde o início, alertou para os riscos inerentes à adjudicação da obra pelos valores envolvidos”. Em reunião do Executivo, as vereadoras PS aprovaram por unanimidade com os restantes vereadores “o processo de er­ros e omissões”, mas em “declaração de voto”, diz o PS, votaram “contra este pedido tendo manifestado muita preocupação com a justificação apresentada pela equipa de projeto para a não aceitação do valor reclamado, e que se passa a citar: “Em relação aos alegados erros de medição, convém salientar que o projeto, de acordo com o Caderno de Encargos, assenta na premissa da reutiliza­ção e rea­proveitamento máximo de elementos e materiais pré-existentes nos edifícios e recinto objeto da in­ter­venção, pelo que a obra realizar é em função entre esses elementos e/ou materiais a reutilizar e as quantidades colocadas a concurso”_ diz o comunicado PS.
2020-03-19


Comentários

  Comentar artigo

Nome

Email

Comentário